Bem Vindo!

Seja bem vindo(a) ao blog oficial da Escola Bíblica Dominical da Igreja Evangélica Assembleia de Deus em Curitiba. Sua participação e interação através deste blog é muito importante para o nosso trabalho. Deus abençoe!

Escola Bíblica Dominical

Escola Bíblica Dominical
Coordenador Geral Ev. Jorge Augusto

terça-feira, 8 de janeiro de 2019

Subsídio Lição 2 - A natureza dos anjos - a beleza do mundo espiritual




INTRODUÇÃO
- A Bíblia Sagrada ensina-nos que os anjos são seres reais, plenamente espirituais, que, embora superiores aos homens, não têm qualquer função na salvação do homem.
- Na atualidade, há ensinos falsos a respeito dos anjos, fruto do desconhecimento da verdadeira doutrina bíblica a respeito.

I – A NATUREZA DOS ANJOS
- Os anjos são seres celestiais criados por Deus. A palavra “anjo” vem do grego “ângelos” (άγγελος), cujo significado é “mensageiro”, “portador de notícias” (note-se que a raiz é a mesma de “evangelho”), palavra que encontramos tanto na versão grega do Antigo Testamento (a Septuaginta) quanto em o Novo Testamento para designar estes seres celestiais e que corresponde ao hebraico “mal’ãkh” ( ,)מלאךcujo significado etimológico é, também, o de “mensageiro”.


- Logo no primeiro versículo da Bíblia Sagrada, em Gn.1:1, temos conhecimento de que há duas ordens de criações: a celestial e a terrena. “No princípio, criou Deus os céus e a terra”. Esta afirmação bíblica não diz respeito à criação do firmamento, isto é, deste céu azul que vemos quando levantamos nossas cabeças, azul este que não é do céu mas da própria Terra, como nos deu conta o astronauta russo Yuri Gagarin, o primeiro homem a rodear o planeta em uma espaçonave.

- Quando a Bíblia se refere aos “céus”, está a nos falar da dimensão celestial, da dimensão espiritual da criação, formada por Deus, o Criador, que é o único Deus mas que também são as Três Pessoas Divinas, bem como pelos anjos, precisamente estes seres celestiais que, com Deus, formam os “céus” e para onde, aliás, está prometido ir o “povo dos santos do Altíssimo” (Dn.7:18), o local onde Jesus já está e para onde nos levará (Jo.14:2,3).

- Ao falar a Bíblia que Deus criou os céus e a terra, dá-nos não só conta de que existem duas dimensões de existência, como também que os céus precederam à criação da terra. Não se trata de uma afirmação descuidada, mas bem definida. Deus criou primeiro os céus e só depois a terra, a nos indicar que os anjos foram criados antes do homem. Esta mesma ordem de criação vemos em Cl.1:16, onde o apóstolo Paulo, aliás, diz quais seriam estes seres celestiais, denominando-os de tronos, dominações, principados e potestades, que, como veremos infra, são classes de anjos.

- No livro que é considerado o mais antigo da Bíblia, qual seja, o livro de Jó, também verificamos que os anjos foram criados antes dos homens. Na série de perguntas que o Senhor faz a Jó, este é indagado onde estava o homem quando Deus lançava os fundamentos da terra, oportunidade em que, ao testemunhar este ato, as “estrelas da alva juntas alegremente cantavam e os filhos de Deus rejubilavam” (Jó 38:7), texto que



Para continuar lendo este artigo baixe o anexo no link abaixo.





fonte: http://www.portalebd.org.br/classes/adultos/3361-licao-2-a-natureza-dos-anjos-a-beleza-do-mundo-espiritual-i



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faça sua pergunta.