Bem Vindo!

Seja bem vindo(a) ao blog oficial da Escola Bíblica Dominical da Igreja Evangélica Assembleia de Deus em Curitiba. Sua participação e interação através deste blog é muito importante para o nosso trabalho. Deus abençoe!

Escola Bíblica Dominical

Escola Bíblica Dominical
Coordenador Geral Ev. Jorge Augusto

terça-feira, 7 de novembro de 2017

Subsídio Lição 07: A Salvação pela Graça

QUARTO TRIMESTRE DE 2017
Adultos - A obra da salvação; Jesus Cristo é o caminho, a verdade e a vida
COMENTARISTA: CLAITON IVAN POMMERENING

COMENTÁRIO: EV. CARAMURU AFONSO FRANCISCO

ESBOÇO Nº 7
A nossa salvação é pela graça

INTRODUÇÃO
- A salvação do homem dá-se pela graça.
- As obras jamais podem salvar o ser humano.

I – O QUE É A GRAÇA
– A palavra “graça” surge, na Versão Almeida Revista e Corrigida, pela vez primeira, na Bíblia, em Gn.6:8, quando é dito que Noé achou “graça” aos olhos do Senhor e, por isso, foi poupado, com sua família, do dilúvio.
- A palavra original aí é “chen” ou “hen”( וח ). Esta palavra é “…empregada para significar a ação de um superior, humano ou divino, para com um inferior. Fala sobre favor imerecido…” (STRINGER, J.H. Graça, favor. In: DOUGLAS, J.D. (org.). O novo dicionário da Bíblia, v.I, p.681). Esta mesma palavra aparece em outras passagens bíblicas, como em Gn.18:3, 19:19, 30:27, 33:15, 39:21; Ex.3:21, 11:3; 33:13; Sl.45:3, Zc.12:10.
– No Antigo Testamento, também, temos outra palavra que é traduzida por “graça” na Versão Almeida Revista e Corrigida. É a palavra “hesed” ou “hesedh”( דסח ), “…traduzidas centenas de vezes como ‘misericórdia’ e dezenas de vezes como ‘bondade’, ‘longanimidade’ etc. Lutero a traduziu por Gnade, a palavra germânica para ‘graça’. A despeito disso, não é exatamente o equivalente de graça. É uma palavra de dois fios, que pode ser empregada acerca de Deus e do homem; quando empregada acerca do homem, deixa subentendido um amor constante por outro ser humano ou por Deus.
- É frequentemente encontrada em associação com a palavra ‘aliança’, e denota a atitude de fidelidade com que ambas as partes de um pacto devem caracterizar-se.(…) Snaith sugere a tradução ‘amor de pacto’ como o equivalente mais aproximado nas línguas modernas…” (STRINGER, J.H., op.cit., p.681). Esta palavra aparece, em passagens bíblicas como Gn.20:13, Et.2:9, Dn.1:9.



Para continuar lendo este artigo baixe o anexo no link abaixo.






Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faça sua pergunta.