Bem Vindo!

Seja bem vindo(a) ao blog oficial da Escola Bíblica Dominical da Igreja Evangélica Assembleia de Deus em Curitiba. Sua participação e interação através deste blog é muito importante para o nosso trabalho. Deus abençoe!

Escola Bíblica Dominical

Escola Bíblica Dominical
Coordenador Geral Ev. Jorge Augusto

Fotos 19º SEMINÁRIO

segunda-feira, 15 de fevereiro de 2016

Dinâmica da Lição 08: A Grande Tribulação (Adultos)



Dinâmica: O período da Grande Tribulação

Objetivo:
Mostrar os grandes acontecimentos da Grande Tribulação.
Ensinar que a nossa obediência a Deus não deve ser por medo desse grande dia do juízo divino.

Material didático:
Papel 40 kg
Pincel atômico

Atividade didática:
Escreva em folhas de papel 40 kg as perguntas sugeridas logo abaixo. No dia da aula fixe em um local bastante visível. Caso sua igreja tenha recursos tecnológicos você poderá desenvolver as perguntas em um projetor de slide.
Baseado no tema as lição forme uma discussão sobre os seguintes assuntos:
O que significa esta expressão?
Qual a relação da Igreja com a Grande Tribulação?
Qual a situação de Israel nesse período?
Onde estará a Igreja? Por quê?
Quanto tempo durará?
Qual o seu propósito?
O que ocorrerá com os gentios nesse tempo?
Quem se manifestará nesse período e com qual objetivo?
Haverá salvação durante esse período?
Como atuará o Espirito Santo nesse período?
Faça com que os seus alunos reflitam também sobre as seguintes questões:
  • Se Jesus voltasse hoje para arrebatar a sua Igreja eu iria com Ele ou enfrentaria a grande tribulação?
  • Teria eu forças espirituais suficientes para suportar a perseguição do Anticristo de maneira digna, que não envergonhasse o meu Mestre?
  • Estaria eu em condições de contestar e repelir as ações do falso profeta?
  • O que eu posso fazer hoje para me prepara melhor para não enfrentar o período da grande Tribulação?


Encerre mostrando que a Grande Tribulação é um período de tempo futuro quando o Senhor vai realizar pelo menos dois aspectos do Seu plano: 1) Ele vai completar a Sua disciplina da nação de Israel (Daniel 9:24), e 2) Ele julgará os habitantes desobedientes e ateus da terra (Apocalipse 6 - 18). Esse será um período em que os pecadores estarão vivenciando a ira de Deus. Mas é importante frisar que o principal motivo de obedecermos aos mandamentos de Deus ou razão de querermos viver cada dia em harmonia com o seu modo de pensar não deve ser o medo da punição divina, mas, sim, o amor de Deus que nos constrange.  Decidimos agir assim não apenas para evitar punição ou as más consequências sofridas pelos que desconsideram a vontade de Deus. Em vez disso, consideramos a obediência ao Eterno como uma excelente oportunidade de mostrar que o amamos. Assim como uma criança deseja muito receber a aprovação de seu pai, nós queremos ter a aprovação de do Senhor. Ele é o nosso Pai, e nós o amamos. Nada nos dá mais alegria e satisfação do que saber que vivemos de um modo que resulta em ‘obter a aprovação de Deus.
Professor, antes de dar esta aula pesquise com muito afinco todos os pontos abordados em seu Plano de Aula, pois não adianta falar só de achismo, ou porque conheceu este Blog e acha suficiente para dar aula. Entenda que eu não conheço a realidade social, psicológica, física e espiritual de seus alunos, por isso, tente chegar no âmago das dúvidas de seus alunos, não os faça de meros espectadores de um "show" de conhecimento, pois isso não será suficiente, o conteúdo precisa de aplicabilidade para a situação de vida de seus alunos e isso é o mais importante. Deguste à vontade o conhecimento, mas não ache que irá inculcá-lo de uma hora pra outra nos seus alunos, por isso procure ser criativo na exposição do assunto.
Desejamos que esta aula seja portadora de grandes frutos para vida de seus alunos!


Por Escriba Digital

Dinâmica 02: A manifestação do Anticristo

Objetivo: Refletir sobre a forma de manifestação do Anticristo.

Material:
01 máscara
03 alunos

Procedimento:
1 - Antes do início da aula:
- Escolham 03 alunos ou outros que voluntariamente participem da atividade.
- Falem para o aluno 01 que deverá falar para a turma características pessoais(não físicas) e do que gosta de fazer, do que já fez, do que pretende realizar,  relatar acontecimentos ocorridos com ela. Este relato deverá ser de forma exagerada, mas que seja moderado para não levantar suspeitas se as afirmações são verdadeiras e ou falsas. Tudo deve ser expresso de forma que convença os ouvintes.
- Falem para o aluno 02 e 03 para que forneçam informações pessoais de forma verdadeira.
- Orientem que eles vão usar uma máscara, quando chegar o momento de falar para a turma.
- Peçam para que eles não divulguem para os colegas as orientações dadas a eles.
2 – No momento da realização da dinâmica:
- Chamem os 03 alunos para se posicionar na frente da classe.
- Solicitem para que falem sobre o combinado anteriormente. À medida que cada um falar, coloquem a máscara nele.
- Depois, perguntem: Vocês acham que estão falando a verdade ou mentira?
Aguardem a manifestação dos alunos e perguntem o porquê das respostas, isto é, o que lhes convenceu disto.
Deixem a máscara no aluno que a turma afirma que ele está mentindo.
- Falem: Os 03 usaram máscara, mas a quem cabe realmente a máscara?
- Peçam, agora, para que eles falem para o grupo se estavam mentindo ou falando a verdade.
Coloquem a máscara no aluno que mentiu e falem: Sua máscara caiu, sua farsa foi descoberta!
- Afirmem: Assim será no governo do Anticristo, baseado em mentira e no engano convencerá a muitos, mas Cristo destruirá este império, desmascarando-o.
- Para finalizar, leiam:
II Ts 2. 3 e 4 “Ninguém de maneira alguma vos engane; porque não será assim sem que antes venha a apostasia e se manifeste o homem do pecado, o filho da perdição; O qual se opõe contra tudo que se chama ou se adora; de sorte que se assentará, como Deus, no templo de Deus, querendo parecer Deus”.

Por Sulamita Macedo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faça sua pergunta.